O que rola...

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Sempre Corinthians Entrevista: Jaque Khury

A corinthiana Jaque Khury foi muito gentil quando concedeu esta entrevista para o Sempre Corinthians. Bem direta, a ex-BBB respondeu cada uma das dez perguntas feitas. Corinthiana fanática, admitiu ter feito pelo menos uma "loucura" pelo time do Parque São Jorge. Não deixe de conferir.




1.



Sempre Corinthians: Corinthians e sua vida. Como é esta relação?


Jaque Khury: Eu amo torcer para o Timão, porque a galera é diferente! São apaixonados e fiéis!


2.


Sempre Corinthians: Como a Jaque Khury corinthiana se definiria?


Jaque Khury: Persistente, competitiva e generosa.


3.


Sempre Corinthians: Já fez alguma loucura pelo Corinthians? Qual?


Jaque Khury: Uma tattoo no tornozelo com o símbolo do Centenário.


4.


Sempre Corinthians: Costuma acompanhar todos os jogos do Timão? Qual foi o mais marcante para você?


Jaque Khury: O paulista de 2007 contra o palmeiras, porque calei a boca dos palmeirenses de casa! ( A família toda).



5.


Sempre Corinthians: Todos tem seus ídolos. Quais são os seus do Parque São Jorge?


Jaque Khury: Neto, Ronaldo, Tevez.


6.


Sempre Corinthians: Se fosse jogadora, atuaria em que posição? Por quê?


Jaque Khury: Zagueira, pq é uma posição pouco comentada e de extrema importância.



7.


Sempre Corinthians: Como foi o seu ingresso na carreira artística? E os seus planos para o futuro?


Jaque Khury: Foi no BBB. Pretendo trabalhar na área como repórter e apresentadora de esportes.


8.


Sempre Corinthians: Você posou para a Playboy e para a VIP. Como foi a reação da família?


Jaque Khury: Ah! Eles já estão acostumados... Foi suave!



9.


Sempre Corinthians: Como você encara os assédios por parte dos homens?


Jaque Khury: Se me respeitarem é tranqüilo.


10.

Sempre Corinthians: Pra fechar: está solteira ou comprometida?


Jaque Khury: Estou namorando há um mês! (risos)

Beijo!


Leia mais >>

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Fala aí, corinthiano!

Por algumas vezes, vou abrir espaço para os corinthianos se expressarem aqui no Sempre Corinthians. Afinal, se o Corinthians é o time do povo e o povo é quem faz o time; então é justo deixar que o povo tenha um espaço pra se expressar. Hoje, quem escreve e desabafa é Rafael di Rienzo; um louco do bando como nós.

Saudações!

André Pacheco.


"Esse texto começa com uma simples pergunta: O que te move?


Você é movido pelo desejo de encontrar a felicidade plena? Você é movido por sonhos que talvez nunca alcance? Você é movido por uma segunda-feira chata que sempre existirá? Você é movido pela tristeza do mundo como fome e guerra e sempre sonha por um mundo de paz? Você e movido pela sede de trabalho que faz você perder metade da vida sabendo que um dia terá uma velhice chata? Não amigo, o que te move e me move se chama CORINTHIANS.


O Corinthians que te move na alegria de gritar um gol ou fazer chorar ao dizer “eu te amo”. É ele que faz o estadio se mover como um mar preto e branco numa imensidão sem fim. É ele que move paixões doentias; que faz o nosso coração querer pular fora da boca. O Corinthians que move o brilho do olhar de uma criança sonhando em um dia jogar por esse time.


Ele move o pobre fazendo a vida ter mais alegria e ter a esperança de um futuro melhor. Faz o rico saber que Lealdade, Humildade e Procedimento são coisa simples da vida que o dinheiro não pode comprar. Ele move o doente, mesmo que o seu corpo sinta dor e não tenha movimentos; faz mover a alegria numa lágrima que escorre dos olhos.


O Corinthians também move os nossos adversários. Estes que se irritam por conta desse amor que eles nunca vão sentir. Os mesmos se unem e torcem contra o próprio time dizendo amá-lo. Coitados, não sabem o que é Amor. O que nos move não são títulos, nem dinheiro, nem raiva, inveja, rancor ou ódio. O que nos move é Amor.


Amor pelo CORINTHIANS."


Escrito por: Rafael Borges Di Rienzo.













Leia mais >>

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Homenagem ao guerreiro Elias


Elias Mendes Trindade. Jogador. Corinthiano. Guerreiro.


Elias jogou no Leões da Geolândia há alguns anos. Teve passagem rápida pelo Palmeiras, mas não foi bem aproveitado pelo alviverde. Foi parar no Náutico, onde ficou um tempo até ir para o São Bento, comandado por Freddy Rincón, ídolo do Timão. Foi a partir daí que o talento do jogador passou a ser percebido.

Teve ainda passagens pelo Juventus-SP e pela Ponte Preta. Na macaca, recebeu propostas de vários times para jogar na 1ª Divisão do Campeonato Brasileiro, o jogador decidiu optar por jogar no Corinthians. No clube alvinegro, Elias deslanchou para o futebol. Conquistou títulos e acabou caindo nos braços da Fiel.

Tenho certeza que a torcida corinthiana vai sentir sua falta. Ainda espero que um dia ele volte ao Sport Club Corinthians Paulista. Todo time precisa de jogadores com amor à camisa, Elias tem isso e não hesita em demonstrar. Jogando em qualquer parte do meio-campo, mostrou-se talentoso e competente. Difícil imaginar um jogador deste nível ter um dia pensado em parar de jogar futebol por falta de oportunidade.

Ao Elias desejo muito sucesso porque ele merece. Espero que se destaque no futebol europeu, mostrando que nós falamos a língua da bola muito bem. Gostaria de agradecê-lo pelos títulos, pela garra, pelos sacrifícios, pela honra à camisa; por mostrar que é um louco do bando.

Obrigado Elias, boa sorte na sua carreira. Você merece.




Leia mais >>

domingo, 5 de dezembro de 2010

O campeonato acabou, mas a paixão é eterna

Corinthians não foi campeão brasileiro. Apesar do fato de merecer. Fluminense levou e também merecia. Não vou lamentar o fato de não termos sido campeões, porque nós sabemos que o Sport Club Corinthians Paulista, fundado em 1910 é muito maior que tudo isso. Para nós, é a própria essência do futebol. Um amor incondicional.

Entretanto, espero que o ocorrido sirva de lição para os anos que temos pela frente. A aposta em jogadores experientes - velhos - nunca foi algo totalmente bom para mim. Não concordava nessa filosofia de experiência. O reflexo disso nesta temporada era algo que eu já esperava... Contusões, falta de preparo físico, etc. Tudo isso contribuiu para uma temporada conturbada.

Elias vai sair. Eu realmente não esperava que ele saísse, mesmo com tanta competência e talento. Acho que o Corinthians vai sentir falta de um jogador com a sua característica. Ele é um louco do bando, corinthiano da raiz. Outro muito importante que se despede do Timão é o William, nosso xerife, nosso capitão. Sou muito gratos aos dois. Serão sempre lembrados por nós, sobre isso não há dúvidas. Se chegamos até aqui, foi por ele e pelos outros envolvidos.

Corinthians empatou com um time reserva de rebaixado? Sim. Mas devemos lembrar que o mesmo time está numa decisão de campeonato sul-americano. Há de ser respeitado. Não se pode jogar a culpa de todo um campeonato em uma única partida, em um único erro. O Timão jogou do jeito que dava, na raça; como sempre. E no fim das contas, é isso que interessa ao torcedor. Honra à camisa.

Vamos começar mais uma temporada ano que vem. De cabeça erguida. Mostrando que não é à toa que ficamos entre os três primeiros durante todo o campeonato. Trabalhando firme e forte, na raça. Para concretizar nossos sonhos, entre eles, a tão desejada Libertadores. Teremos nossa chance, pelo caminho mais difícil, pelo caminho mais corinthiano.

Aos torcedores do Fluminense, os meus parabéns. Trabalharam para isto e conseguiram, tem o mérito. Fico feliz pelo Brasileiro ter sido conquistado com honra e garra. Apesar de acreditar que o melhor para o campeonato seria mudar o estilo. Esse entrega-entrega não é um desprestígio aos clubes beneficiados ou aos que beneficiam, mas é um desprestígio ao campeonato nacional do único país pentacampeão do mundo.

Dou meus parabéns àqueles que tiveram sucesso este ano, aos que se destacaram; aos que se superaram. Espero que ano que vem o ritmo seja ainda mais emocionante, que o futebol brasileiro seja mais competitivo e mais gostoso de acompanhar. Também espero mais um triunfo corinthiano, mas isto não é tudo. O amor pelo manto, pelo escudo, pelo querido Timão é muito maior que isso tudo.

Sempre avante! Sempre Corinthians!



Leia mais >>

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Vamos Corinthians! Vamos no amor! Até o fim!

O Corinthians fez a sua parte. A decisão do campeonato brasileiro ficou para o dia 5 de dezembro, Fluminense enfrenta o Guarani, Corinthians enfrenta o Goiás e o Cruzeiro... enfim, deixemos o Cruzeiro pra lá. O Timão joga fora de casa, mas a equipe ignora a campanha como visitante este ano para jogar pra longe essa fama de "pior visitante".



O Palmeiras fez o disfarce, mas acabou entregando como era de se esperar. Aliás, o maior entregador de todos foi o "guerreiro" Kléber; se estivesse numa guerra, seria o primeiro a morrer. Deola jogou muito, mas a sua torcida não gostou e respondeu jogando objetos no arqueiro. A partir daí, o Palmeiras o tempo passou devagar para o Porco que não queria nada em campo.


Há boatos de que o Guarani receberá uma mala branca por parte do Parque São Jorge como um incentivo para o jogo de despedida da Série A do Brasileirão. Isso não seria nenhuma surpresa se acontecesse, mas no fim das contas, o que interessa é que o Fluminense não vença. Precisando do resultado, o tricolor carioca se mostrou muito afoito contra o Palmeiras. Isso pode acontecer outra vez domingo? Tomara.


Só acaba quando termina. Domingo teremos 90 minutos de muita emoção. Se o Corinthians for campeão, vai ser à moda corinthiana. No suor, no sofrimento; é assim que conhecemos os títulos alvinegros. É ir pra cima. Jogar como nunca jogou neste ano, é o último jogo. A torcida não vai parar, o campeonato não acabou. Vai que dá, Timão!


Lembrando que a nossa torcida é a única que pode ser chamada assim. Nós não torcemos contra o nosso time e isso orgulha o Sport Club Corinthians Paulista. O que não se pode dizer da Sociedade Esportiva Palmeiras nem do São Paulo Futebol Clube. Seus porcos e seus bambis, pra Libertadores, eu vou!


Vai Corinthians!

Leia mais >>

sábado, 27 de novembro de 2010

Corinthians x São Paulo, Fluminense, Cruzeiro, Palmeiras e Vasco

Pela 37ª e penúltima rodada do Brasileirão, o Corinthians enfrenta cinco clubes de uma só vez. Palmeiras e São Paulo estão dando uma "ajudinha" ao Fluminense para que o Timão não seja campeão brasileiro. Motivo disso? Rivalidade. É uma pena, mas é a realidade do futebol brasileiro. Realidade esta que é vergonhosa para um país pentacampeão do esporte em questão.


Parte 1

As torcidas dos clubes rivais pediram, gritaram e ordenaram a "entrega" dos jogos frente ao Fluminense. A equipe mais colorida do Brasil - São Paulo - já fez o que seus adeptos ordenaram. Entregaram e de forma característica de quem veste a camisa são-paulina, de 4. Agora resta saber se os porcos vão tentar bater o recorde e entregar por mais gols ainda.

Esse tipo de atitude mostra a imaturidade que ainda é presente no futebol brasileiro. As torcidas torcendo contra o seu próprio time, apenas para ver o rival perder. Lamentável. Embora não seja surpresa esperar isso de mercenários. Não digo isso em relação às entidades São Paulo Futebol Clube e Sociedade Esportiva Palmeiras, mas digo de seus dirigentes e comandantes que são totalmente incompetentes e sem caráter, denigrem a imagem de clubes tradicionais do país.

É aquela história de "já que não consigo sucesso, vou jogar lama nos sucessos de quem merece". Isso é de uma baixíssima categoria. E o que a CBF faz? Fica olhando. Tudo bem, não há como provar? Então não há como julgar. Entretanto, com a volta das finais do campeonato, essa "entrega" característica de campeonato de pontos corridos.

Não digo que o formato de pontos corridos é ruim, não. Acontece que o futebol brasileiro, por conta de sua imaturidade, não está preparado para manter um campeonato de forma honesta. Se os times qualificados estivessem brigando pelo título no estilo "mata-mata", a reta final seria diferente e o campeão teria mérito maior. Enfim... só opinião.

Parte 2

Voltando ao jogo da 37ª rodada, o Corinthians joga no Pacaembú contra o Vasco que não tem mais objetivos para esta temporada. Jogando em casa, o Corinthians tem a melhor campanha do campeonato. A Fiel, de fato, faz a diferença. O time entrará em campo com apenas uma opção de resultado caso queira ser campeão: vencer.

Tite optou por deixar Danilo no time titular - Elias cumpre suspensão e não joga - por conta daquilo que diz ser a fase boa do atleta. Eu, particularmente, nunca gostei do Danilo desde que ele chegou ao Corinthians. Mas é importante ressaltar que se não fosse o gol dele, o Corinthians já poderia ter dado adeus à competição. Contra o Vasco, ele pode ser decisivo, mesmo não tendo muita credibilidade com a torcida que pediu que ele saísse do clube há um tempo.

No ataque, o Timão vai pra campo com Dentinho e Jorge Henrique. A dupla rendeu bastante durante uma parte do campeonato. Um deles vai jogar mais na frente, como um "Ronaldo" só que com mais mobilidade. Bruno César vai de garçom pro jogo. No mais, o time deve ser o mesmo. Júlio, Alessandro, William, Chicão, Roberto, Jucilei, Ralf. O alvinegro vai pra frente.

Amanhã, o Corinthians tem mais uma pedreira pela frente. Isso sempre acontece quando a única opção é vencer. Todo corinthiano está convocado a torcer desesperadamente - como de costume - pelo Timão. O sonho ainda não acabou.

Vai Corinthians!

Leia mais >>

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Sempre Corinthians Entrevista: Siara Pacheco

Há um tempo, eu havia prometido um post com a Siara Beatriz Pacheco (Musa do Corinthians 2009) aqui no Sempre Corinthians. Como sempre educada, a eterna musa corintiana concedeu ao blog uma entrevista. Mostrando-se humilde e apaixonada pelo clube, "Si" respondeu dez perguntas envolvendo o Corinthians e sua vida pessoal. Não deixe de ler!


1.

Sempre Corinthians: Em qual(is) aspecto(s) você se identifica com o Sport Club Corinthians Paulista?



Siara Pacheco: Considero o Corinthians um time guerreiro, que conquistou suas vitórias através de muita luta. Comigo não foi diferente, sempre lutei e continuo lutando pra vencer na vida e ser feliz.


2.

Sempre Corinthians: Quando começou o seu amor pelo clube?



Siara Pacheco: Sou Corinthiana desde o momento em que fui gerada, mas comecei a entender o que era futebol com 8 anos quando o Corinthians foi, pela segunda vez, Campeão Brasileiro. Então eu acredito que meu amor pelo Timão começou nessa época.


3.

Sempre Corinthians: O que o Corinthians significa na sua vida?



Siara Pacheco: Minha vida, minha história, meu amor, e meu trabalho! (risos) 


4.

Sempre Corinthians: Na sua opinião, quais são os cinco maiores ídolos da Fiel?



Siara Pacheco: Difícil selecionar apenas cinco, mas vamos lá: Luizinho, Basílio, Rivelino, Neto e Marcelinho Carioca.


5.

Sempre Corinthians: Que momento de felicidade alvinegra você gostaria de reviver?


Siara Pacheco: Quando o Corinthians foi campeão invicto do Campeonato Paulista do ano passado (2009). Foi uma festa linda e um título merecido.


6.

Sempre Corinthians: Tem algum gol que é inesquecível para você?



Siara Pacheco: Acredito que o gol, mais desejado e inesquecível da história do Corinthians foi o gol do Basílio, na final do Campeonato Paulista de 77 contra a Ponte Preta. A quebra do jejum de 22 anos 8 meses e sete dias. Infelizmente eu não era viva nessa época, e não tive o prazer de comemorá-lo.


7.

Sempre Corinthians: Quais são as coisas mais importantes do mundo pra você?



Siara Pacheco: Minha família, minhas amigas, minha carreira e meu Coringão.


8.

Sempre Corinthians: Você foi a primeira Musa do Corinthians. Esse título mudou o que na sua vida? Apareceram muitas oportunidades?



Siara Pacheco: Minha vida mudou completamente. Surgiram muitas oportunidades e hoje estou colhendo os frutos das sementes que plantei na época do concurso. Estou trabalhando no Corinthians como repórter da TV Corinthians no Ar, na Rádio Coringão como apresentadora e comentarista, na Jovem Pan, como produtora do programa Mundo da Bola, e comentarista do Olé Feminino na alltv. Enfim, muitos projetos e coisas boas aconteceram depois que virei a Musa do Nosso Todo Poderoso Timão.


9.

Sempre Corinthians: Você se sente realizada em todos os segmentos da sua vida?



Siara Pacheco: Ainda não, acho que é muito cedo. Tenho apenas 20 anos pra ter concretizado todos os meus sonhos e desejos, mas posso dizer que estou no caminho certo para realizá-los.


10.

Sempre Corinthians: Solteira? Namorando? Muitos corinthianos querem saber.



Siara Pacheco: Prefiro não falar sobre isso.


Saudações!

Leia mais >>

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Corinthians #fail

Corinthians tinha apenas uma obrigação no jogo deste domingo: ganhar o Vitória. Não conseguiu e agora caiu para a segunda colocação no campeonato brasileiro e as chances de título caíram também: de 62% para 25%. É coringada, antes faltava pouco, mas agora falta muito. O motivo disso é simples...


Além da obrigação de ganhar todos os jogos, o Corinthians tem que torcer para que o Fluminense empate ou perca algum dos últimos dois jogos que restam pelo Brasileirão 2010. Vacilamos e isso tudo começou quando Ronaldo saiu, contundido, para a entrada de um certo velhaco que ainda tem a cara-de-pau de entrar em campo; Corinthians sem Ronaldo fica instável.

O me chamou a atenção foi a vontade dos adeptos são-paulinos de que seu time entregasse o jogo apenas para que o rival não fosse campeão. A cara-de-pau era tanta que, além de gritarem das arquibancadas, os torcedores comemoravam os gols sofridos. Grandes torcedores, hein? Quando dizemos que não prestam, ninguém acredita.

Domingo que vem, fica por conta do Palmeiras, outro rival do Corinthians. Os porcos jogarão contra o Fluminense e tudo indica que entregarão o jogo de tal modo que o fez o São Paulo. Entretanto, é preciso manter a esperança. É o pentacampeonato corinthiano no ano do Centenário que está em jogo.

Saudações!

ps: no próximo post, vem aquele extra com a Siara que eu havia prometido! Não percam!

Leia mais >>

sábado, 20 de novembro de 2010

Próxima Partida

O Corinthians pega o Vitória, no Barradão, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Só nos interessa a conquista de mais três pontos. O jogo é muito importante para o Corinthians que depois pega o Vasco em casa. O time baiano foge do rebaixamento e o Timão briga pelo título. Promete ser um jogo pegado, apesar do Corinthians ser favorito.


Sem Dentinho e Bruno César que estão suspensos, Tite poderá optar pro Jorge Henrique e Danilo. Dessa forma, fica evidente que as jogadas corinthianas serão na base do contra-ataque, ainda que Danilo não seja a melhor das peças para um jogo rápido. Imagino que o meio-campo será bem embolado com tantos jogadores por ali.

Corinthians tem 63 pontos, seguido do Fluminense que tem 62 e joga contra o São Paulo. Cruzeiro está mais atrás, 60 pontos. Vou fazer o Mantra do Silvinho, para que o Corinthians fique ainda mais perto do pentacampeonato.

21/11/2010 - 16h (horário brasileiro de verão)
Vitória x Corinthians
36ª rodada - Campeonato Brasileiro.

Leia mais >>

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Virou rival: Cruzeiro (e Roger)

Corinthians 1x0 Cruzeiro? Fato. Pênalti no Ronaldo? Fato. Corinthians líder? Fato. Mas os cruzeirenses não conseguem engolir, afirmam que o jogo foi comprado. Agora que provas eles têm? Uma afirmação dessa é muito séria. O juiz Sandro Meira Ricci também não gostou dos adjetivos que lhe foram atribuídos por parte da entidade mineira. Mas tem uma pessoa que deve ser destacada nesse assunto todo...



Roger. Sim o mesmo Roger que jogou em 500 clubes por dinheiro e sempre que era apresentado, dava uma declaração como quem quisesse dizer "sou tal time desde criancinha". Ah vá! Pra mim, o Roger poderia até ser um bom jogador (anos atrás), mas o seu perfil de mercenário mancha a carreira. Não satisfeito em dar uma de sanguessuga aqui no Brasil, foi bater uma bolinha lá com os xeiques. A troco de quê? Se eu falar DINHEIRO, vale? Enfim...



o senhor Roger Galera Flores chegou a dizer que o Corinthians foi favorecido no título de 2005, enquanto o mesmo jogava pelo time paulista. Engraçado é que ele não apresentou provas e falou logo depois do atual time dele perder no que seria uma final antecipada. Queria saber qual é a moral que um "reserva regular" tem pra falar de um time da grandeza do Corinthians. Agora ele quer dar uma de "honesto" em dar declarações de uma suposta ~verdade~ sobre o campeonato de 2005. Se ele ~sabe~ como são as coisas no Corinthians, porque não acusou o Corinthians naquela época? É bem perfil de mercenário.



Se quer falar alguma coisa, primeiro vire homem. As suas palavras de nada valem se foram proferidas num momento de raivinha da moça. Continue (tentando) jogar o seu futebol sem reclamar quando o seu time perde. Apesar de não jogar como, você é profissional de futebol, deveria agir como tal.

Seu lugar é no Fanfarrões F.C. Boa sorte no tribunal, manezão.

Vídeo que prova que, se o Corinthians foi "ajudado" no Brasileiro, ele não está sozinho, né Cruzeiro?


Leia mais >>

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Like a G6

Corinthians venceu o Cruzeiro em um jogo sofrido. O gol só saiu aos 42 do segundo tempo, num penalti sofrido e cobrado por Ronaldo. Com o resultado do jogo Fluminense 1x1 Goiás, o Timão encontra-se novamente na liderança do campeonato a três jogos do fim. Só precisamos jogar com tranquilidade e manter a regularidade em campo. O Sport Club Corinthians Paulista, está "como um G6" como o título de uma música, na qual "G6" seria o jato mais rápido do mundo. Tem gente falando por aí que o penalti foi ~polêmico~, mas há como provar o contrário...


Duas fotos provam que Ronaldo sofreu penalti, sim! Acontece que se algo é ~polêmico~ e o Corinthians está relacionado ao ocorrido, é "roubalheira" a favor do clube alvinegro. Eu acredito que se o Corinthians tivesse tanto dinheiro para comprar os resultados de seus jogos, seria decacampeão brasileiro; esta difamação já é de longa data. Enfim, acho que os rivais já podem inventar outra desculpa para as vitórias corinthianas, porque esse papo de "roubado" já deu.

Ronaldo é, definitivamente, o peso que desequilibra um jogo. O gol feito, aos 42 minutos do segundo tempo, foi, de fato, algo de muita importância para a campanha corinthiana rumo ao pentacampeonato brasileiro. Rafael Moura também deu um presente ao Corinthians neste domingo. O gol marcado por ele aos 19 minutos do primeiro tempo conta o Fluminense, no Rio de Janeiro, ratificou a liderança do Todo-Poderoso Timão nesta reta final de campeonato. Agora as chances alvinegras de título são de 62%. Falta pouco, coringada, falta muito pouco.

O Corinthians joga contra o Vitória pela 36ª rodada, fora de casa. É só jogar como tem jogado nos últimos jogos, com raça e foco no título. Pela 37ª rodada, teremos o jogo que provavelmente vai definir se o Corinthians será campeão brasileiro ou não, é contra o Vasco, no Pacaembú. Dos últimos três jogos, este seria o mais difícil. Pela última rodada, pegamos o Goiás, em Goiânia. E então, se Deus quiser, daremos o grito de campeão.

Vai Corinthians! Rumo ao penta!


ps¹: vídeo da música "Like a G6"



ps²: será que o Flamengo cai?... Quem ri por último...

Leia mais >>

sábado, 13 de novembro de 2010

É hoje!

Nesta reta final de campeonato, o Corinthians enfrenta o Cruzeiro no que seria uma "final antecipada". O jogo será no Pacaembú, assim como a partida Corinthians x Vasco. Apesar do STJD querer decidir o campeonato antes do tempo de forma "política" ao tentar tirar o mando de jogo do Corinthians, pela rodada 37, por acontecimentos na partida contra o Palmeiras. Ridículo. Os argumentos usados pelo STJD foram absurdos. Enfim...

Contra o Cruzeiro, o Timão deve adotar o mesmo estilo de jogo das últimas partidas. Jogando defensivamente, o Corinthians levou apenas um gol em cinco jogos. Ponto para o Tite que organizou o time e principalmente a defesa que, querendo ou não, é lenta. A vitória coloca o Corinthians como líder até o jogo do Fluminense que é amanhã. O que é outra coisa que chama a atenção: o tricolor carioca sempre joga depois de Corinthians ou de Cruzeiro. Estranho não?

Jorge Henrique deve estar no banco, o que é um bom sinal depois da contusão séria na coxa que lhe deixou longe dos gramados por mais de um mês. Ronaldo entra em campo com sua meia anti-varizes e é referência lá na frente. A dupla de seleção, JuciREI e Elias, está muito bem entrosada e os passes devem chegar lá na frente com precisão. Bruno César, o chuta-chuta, deve passar perigo ao goleiro cruzeirense com seus chutes.

A defesa tem que fazer sua obrigação. O Cruzeiro vem pra cima, o Timão tem que esperar para partir ao contra-ataque, mas pra isso a defesa tem que funcionar lá atrás. Não podemos, em hipótese alguma, perder este jogo. Final é final. Decisão é decisão, antecipada ou não. Aliás, essa decisão poderia ser tomada como 2ª parte de uma que ocorreu em 1998. Quem saiu campeão? Olha aqui.



Saudações!

Leia mais >>

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Sim, nós podemos

Depois de longo período de especulações, o estádio do Sport Club Corinthians Paulista será o palco da abertura da Copa de 2014, o único problema seria os custos que ainda dependem da revisão da FIFA. As obras em Itaquera deverão começar em março do ano que vem e devem finalizar no final de 2013, o que impossibilita de haver jogos pela Copa das Confederações no estádio. A verdade é que os corinthianos estão rindo à toa. Sabe o motivo?


Nós, corinthianos, sempre fomos sacaneados por não termos um título da Libertadores, um título mundial fora do Brasil e um estádio. Bem, falta pouco para termos um estádio da mais alta qualidade, dentro dos parâmetros europeus. Mas o melhor de tudo é que ganhamos uma disputa para sediar a abertura da Copa de 2014 contra o rival São Paulo. E mais, ganhamos sem ter estádio. Grande ironia, não?

Os tricolores tomaram dois baldes de água fria, um ontem e o outro hoje. O placar de Corinthians 2; São Paulo 0 significa duas coisas: o tabu continua, o São Paulo não vence o Corinthians desde 2007; a outra é que acabamos com as mínimas chances do São Paulo conseguir se classificar para a Libertadores do ano que vem. E hoje, o São Paulo perdeu mais uma para o Timão. Morumbi foi recusado e o estádio de Itaquera, selecionado.

Essa semana é a perfeita para sacanear com os são-paulinos e eles sempre vão revidar do mesmo jeito, falando que não temos Libertadores. Afinal, é só isso que sabem falar. O nosso estádio já está no papel e no primeiro semestre de 2011 já começam suas obras. Só falta a Libertadores e o Mundial para os bambis calarem de vez. Arrisco dizer que ainda teremos a Libertadores antes mesmo do estádio pronto.

Seu Juvenal Juvêncio uma vez falou que Itaquera não poderia de jeito nenhum sediar a abertura, disse que não tinha estrutura. Enfim, falou que o Corinthians não poderia estar à frente do São Paulo. Pois agora, nós, corinthianos, estamos aptos a dizer: Sim, nós podemos.

Saudações alvinegras!

ps: Ei são-paulino, CPF na nota? hahaha

Leia mais >>

domingo, 7 de novembro de 2010

E a freguesia continua

Corinthians 2x0 São Paulo. Esse foi o resultado do clássico paulista. O time alvinegro jogou na tranquilidade, esperou o tricolor chegar para partir no contra-ataque. Os goleadores foram Elias e Dentinho. Este último fez uma graça que irritou os torcedores do São Paulo, mas e daí? Quem pode, faz. Agora quem não pode...


Quem não pode, que chupe o dedo. O Corinthians foi mais sólido em campo e aproveitou as oportunidades. Fez dois. O São Paulo teve suas chances, mas quando não errou, Júlio César estava lá. Fez milagres na partida e garantiu a vitória do Timão. Aliás, vem fazendo isso há muitos jogos.

As moças tricolores começaram a choradeira e acusaram Dentinho de fazer firula para provocar. O cara joga assim em todos os jogos. Não querem que ele faça gol ou firula? Não deixem a bola chegar nos pés dele. Ele fez o gol que matou o jogo e as são-paulinas não têm direito de reclamar de nada.

Com essa vitória, o Corinthians só tem que torcer por um tropeço do Fluminense. Então, será líder mais uma vez. O Timão tem mais dois adversários difíceis nessa reta final: Cruzeiro e Vasco. Se conseguir resultados positivos nesses dois confrontos, vai para as duas últimas partidas do campeonato com moral.

Agora é tirar sarro dos bambis, porque a freguesia continua!

Saudações!

Leia mais >>

Vamos manter o tabu!

Hoje, o Corinthians enfrenta o São Paulo pela 34ª rodada do Brasileirão. O Fluminense pega o Vasco, no Engenhão. Já o Cruzeiro vai até a Bahia para enfrentar o Vitória. Destaque para o clássico paulista que envolve muita rivalidade e um tabu: o São Paulo não vence o Timão desde 2007. O tabu será mantido? 

O time do Parque São Jorge está focado no título brasileiro. Com apenas um ponto de desvantagem em relação ao líder, o Corinthians aposta na vitória em cima do rival São Paulo para alcançar a liderança e levantar a moral neste fim de campeonato. Após uma série de 7 jogos de crise, o Timão procura mostrar à torcida que já saiu deste buraco.

Para o jogo de hoje, o clube alvinegro tem como uma de suas armas, o meia Bruno César. Este tem acertado bons chutes de fora da área, além de ser o maestro do time na composição das jogadas. Ronaldo em campo também é motivo para se esperar gols por parte da equipe corinthiana. Dentinho pode aparecer em campo, ele que vem de contusão e não joga há bastante tempo.

Atualmente, a rivalidade entre os dois times vai além dos gramados. A especulação maior gira em torno da disputa para sediar a abertura da Copa do Mundo de 2014. O Corinthians está confiante que o estádio de Itaquera será o palco do jogo que abrirá a competição, mas ainda não há definição. Acontece que a FIFA exige uma capacidade maior para torcedores e não se sabe se o Corinthians terá condições de viabilizar a construção sob estas exigências. Tudo indica que sim, mas ainda não está definido.

Já o São Paulo tem esperanças de que o Morumbi será o escolhido. Entretanto, a mídia especula que só o será se não houver condições de regularizar o estádio de Itaquera a tempo. Enfim, esta disputa fica para uma outra hora, pois a mais importante é válida pela 34ª rodada do Brasileirão. Arrisco um palpite de 2x1 para o Corinthians!

Saudações!

Leia mais >>

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Rodada 33, ótima para o Corinthians

Após o empate sem gols do líder Fluminense, os corinthianos tinham duas coisas a fazer na noite de ontem: ganhar com folga do Avaí e torcer por uma vitória são-paulina. As duas coisas aconteceram. E o corinthiano que ontem estava apreensivo, hoje está rindo à toa. De fato, essa rodada 33 foi ótima para o Corinthians. Mas...poderia ser melhor.


Apesar do empate entre Internacional e Fluminense ter sido um bom resultado para o Timão, seria bem melhor se Ricardo Berna, goleiro do Flu, não tivesse salvado o clube ontem. Com a diferença de apenas um ponto em relação ao Corinthians, o tricolor carioca deve considerar o empate obtido como lucro.

O campeonato continua indefinido. A situação do topo da tabela está assim:



O time do Parque São Jorge tem os dois jogos mais difíceis da sua reta final neste domingo e no próximo sábado, contra o São Paulo (fora) e Cruzeiro (em casa). Bruno César e Dentinho (recuperado de lesão) devem comandar o meio-campo e o ataque do Timão. Contudo, o Corinthians não terá dois jogadores importantes contra o Cruzeiro. Elias e Jucilei estarão à disposição de Mano Menezes, pela Seleção.

Até ontem a tarde, por mais que meu lado torcedor acreditasse com todas as forças no título, meu lado blogueiro achava isto quase que inviável. Agora, com os resultados desta rodada, eu acredito por inteiro na quinta estrela!

Vai Corinthians!

Leia mais >>

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Previsões

Como blogueiro, acho bastante difícil o Corinthians ser campeão este ano. A equipe vacilou quando não devia e não aproveitou quando os outros concorrentes ao título vacilaram. Agora, por mais que tenha uma reta final de campeonato mais fácil comparando-a ao do Fluminense e Cruzeiro, se a equipe não ganhar todos os jogos e esperar que os rivais tropecem, fica muito difícil. Entretanto, como corinthiano...


Como corinthiano, acredito no título para coroar o Centenário. Acredito em vitórias em todos os próximos jogos do Corinthians e no tropeço dos adversários em pelo menos dois confrontos (tropeço inclui empate). Ainda que o Corinthians perca duas peças importantíssimas do meio-campo por uns dois jogos nesta reta final, acredito que dá pra repor metade da ausência - os jogadores que estão no banco não estão à altura de Jucilei e Elias.


Contra o Avaí, o Timão tem uma chance de aumentar a moral e ganhar, já que o time catarinense não está muito bem na competição. Dentinho volta e Iarley-perde-gol deve esquentar banco. Se a defesa não decepcionar, dá pra ganhar e com folga. Nem que seja por 1x0, o que importa é a vitória. Aliás, Tite, queria lembrá-lo disso. Só a vitória interessa.

Júlio César, se continuar salvando o time assim, vai pra Seleção no futuro. Se o Corinthians for campeão - blogueiro falando -, ele deveria ganhar um bom prêmio. Tem feito grandes partidas pelo Timão, ele passa segurança pra defesa. Como de costume, ele é meio elogiado da matéria de hoje.

É isso. A situação é simples, mas não quer dizer que seja fácil. Vai Corinthians!

Leia mais >>

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

No aperto, de novo

Depois do jogo desta quarta-feira, o Corinthians se encontra - outra vez - no aperto. Poderia ter dormido como líder do campeonato, poderia ter aumentado a moral. Não aconteceu. Mas, de fato, não se pode dizer que o time não jogou bem, pelo contrário, foi bastante sólido. Foi um jogaço, um clássico.


O Corinthians foi pra cima e marcou o primeiro com Ronaldo. O Flamengo empatou logo no início do segundo tempo. Destaque para Renato, que foi incansável para o time rubro-negro. Bruno César, de cá, deu o passe para o gol e ainda colocou uma bola na trave de bola parada. Diga-se de passagem: Iarley pegou a sobra e teve tudo para fazer o gol, mas não conseguiu.


O ritmo do jogo foi frenético. Tite, colocou um bom time em campo, mas fez alterações contestáveis. Tirou Iarley para colocar Paulinho, seria uma opção, pois assim adiantaria um pouco mais o Elias e o Paulinho iria atuar mais defensivamente no meio-campo. Entretanto, o treinador fez uma outra substituição, simultânea: tirou o Bruno César que estava jogando bem e colocou Danilo. Dessa forma, o Corinthians perdeu velocidade, mas ainda assim foi pra cima. Agora, a pior substituição do jogo foi a troca de Elias por Defederico. O argentino jogou por sete minutos (entrou aos 41, o jogo foi até os 48) e errou 5 passes que poderiam ter sido decisivos.

O Timão tem que secar os outros dois times que estão na briga pelo título: Fluminense e Cruzeiro. Este primeiro joga hoje, em casa, frente ao Grêmio que tem se destacado neste segundo turno de campeonato. O time carioca está sem muitas opções no ataque e o Corinthians torce para que isso seja prejudicial ao tricolor carioca. Já o jogo do Cruzeiro é mais fácil, pega o Prudente fora de casa.

Vamos torcer para que a rodada seja regular para nós e ruim para eles!

Leia mais >>

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

E a caça aos rubro-negros continua...

Após meses da eliminação na Libertadores em casa perante o Flamengo, o Corinthians reencontra o time que acabou com o sonho de milhões de torcedores que acreditavam no título continental como a cereja em cima do bolo de aniversário dos cem anos do clube alvinegro. Sem falar que é o único título de peso do futebol que a equipe paulista ainda não conquistou.



Brigando pela liderança do campeonato nesta reta final, o Corinthians entra em campo com os titulares que tanto fizeram falta durante o período de crise - sete jogos sem vencer que resultaram em protestos por parte da torcida e a demissão do então técnico, Adílson Batista -, e promete ir para cima do clube carioca sem titubear. Afinal, o Timão pretende vencer os últimos sete jogos do campeonato (incluindo este, contra o Flamengo) e somar 21 pontos, para consagrar-se campeão brasileiro pela quinta vez.


Do outro lado, o Flamengo também luta. Entretanto, por outro propósito: o de não cair. A quatro pontos da zona da degola, o clube carioca começa a se desesperar para permanecer na elite do futebol brasileiro. Com um time sem muito brilho ao longo do campeonato e frente a um time forte e regular, o Flamengo tem mais um desafio pela frente e talvez entre em campo sob pressão, apesar de ser o mandante do jogo.

Entre os dois times, a rivalidade só aumentou este ano. E o Corinthians pretende "rir por último" e ajudar o rubro-negro carioca a se afundar ainda mais. Afinal, a caça aos times rubro-negros continua: dos seis jogos disputados pelo Brasileiro contra times rubro-negros, foram três vitórias, duas derrotas e um empate. Hoje, o Corinthians promete se impor diante do time carioca para manter essa campanha e mostrar que está mais vivo que nunca na briga ao título.

Saudações!

Leia mais >>

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Os Imperadores salvaram a nação...

Em um jogo que importava somente a vitória, o Corinthians saiu no lucro contra o rival Palmeiras. O derby foi bem movimentado. O meio-campo estava bem disputado, mas durante os quarenta e cinco minutos iniciais, o Corinthians tomou conta do jogo com destaque para os que atuam nessa parte do campo. Elias, Jucilei e Ralf seguraram bem o tranco pela intermediária. Ponto para Tite que mandou Elias ficar mais fixo sem se aventurar muito no ataque.

Quem ajudou lá na frente foi o artilheiro corinthiano na competição, um dos Imperadores do domingo: Bruno César. Distribuiu bem os passes e fez o único gol da partida - com uma ajudinha do Assunção -. Outro que salvou o Corinthians foi o goleiro Júlio César. Fez grandes defesas; destaque para as bolas paradas que levam perigo quando Marcos Assunção é o cobrador.

Agora o Corinthians está a um ponto da liderança - estaríamos um na frente, se não tivessem nos assaltado no jogo contra o Bugre -. É permanecer com a forma sólida de jogo e a liderança é nossa. Cruzeiro já começou a tropeçar e o Fluminense também não está no mesmo pique de antes. A nossa sorte é que já estamos nos recuperando, eles estão caindo. Temos um confronto direto contra o Cruzeiro; arriscam palpites?

Ganhar após tantos jogos sem vitória é ótimo pra moral do time, ainda mais quando o time que perde é um de seus maiores rivais. Vai, vai... vai pro chiqueiro, vai... Porcada!
Saudações! Voltamos e pra ganhar!

Leia mais >>

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Agora vai?

Às vésperas de um jogo decisivo para o Corinthians nessa reta final de campeonato, Tite já está com o time nas mãos e diz estar tudo decidido para o derby. Entretanto, disse que vai esconder o jogo para dificultar a vida do treinador pentacampeão, Felipão. Ainda assim, outro mistério se sustenta acerca da próxima partida: Corinthians sai da crise ou não?

Sinceramente, acho que sim. Era para termos saído no último jogo, mas fomos assaltados em campo e acabou ficando por isso mesmo. Contra o Palmeiras, o time tem uma motivação a mais; com o Ronaldo em campo - não fosse a crise -, era razão pra festa. Mas ainda tem a pressão, se ocorrer mais um jogo sem vitória, podemos dar adeus ao título brasileiro deste ano.

Jucilei, Bruno César voltam. Dentinho pode voltar também. Vamos ver no que dá. Mas o que é polêmica agora é a declaração feita pelo RC6 sobre o Mundial de 2000. Bom, vou deixar dois links aqui pra que vocês possam tirar suas conclusões:

Leia mais >>

domingo, 17 de outubro de 2010

FUTEBOL, SEU FILHO DA P...

Corinthians se esforçou bastante. Foi à frente, fez boas jogadas e fez dois gols. Mas o que aconteceu? Foram anulados. Parabéns bandeirinha, irmão do futebol. Você provou ser inútil! (palmas!). O Futebol está de brincadeira com o nosso clube. Caprichoso ao extremo, impediu uma vitória corinthiana merecida! Ah seu filho da mãe!

Ronaldo voltou e mostrou que levanta a moral do time e que ainda sabe jogar bola. Fez dois gols, dois! Entretanto, um desgraçado empunhando uma bandeira os invalidou. É brincadeira ou não? Sorte foi que o Cruzeiro perdeu. Temos que torcer pro Santos e pro Fluminense perderem também. O futebolzinho desgraçado.

Moacir jogou bem hoje. Talvez o melhor jogo da história dele, se não fosse aquele gol perdido. Será que a minoria vagabunda da Fiel pára de reclamar depois do jogo de hoje? Não sei. Ralf voltou e mostrou o seu valor. Danilo fez a única coisa que saber fazer: dar um passe perfeito da entrada da área em direção ao segundo pau pra que outro jogador perca a chance de fazer. Arquiteta a chance perfeita, mas não concretizam. Vai te benzer, Danilo!

Estou muito alterado. Mas quem não fica depois de um jogo desses? Vou já dar um banho de cheiro em todos os meus artigos do Corinthians. Porque essa zica que vem de fora é braba!


Não vou dar notas pros jogadores. A maioria jogou bem, mas o resultado não veio... então isso seria prejuízo.

Saudações!

PS: Sobre "se benzer", aconselho que todos os corinthianos façam o mesmo!

Leia mais >>

sábado, 16 de outubro de 2010

Opa! Assim também não, Fiel!

A Fiel quer que o Corinthians ganhe, como se fosse algo super fácil de acontecer com jogadores contundidos, ainda mais os titulares. A Fiel quer que Souza, Danilo, Moacir e Alessandro sejam dispensados, ridículo isso. Como a torcida quer que um time sem jogadores ganhe algo exigindo que os que sobraram sejam mandados embora? É um tanto inviável.
Sobre Souza e Danilo, até dá pra entender a insatisfação. Eu os mandaria embora já, mas a escassez do elenco não permite. Danilo é muito lento e fraco, leva um escorão e cai. Souza é pior... cai sozinho. Não há lugar pra eles no Corinthians, mas por ironia, eles são as poucas peças que restam no plantel.
Em relação ao Alessandro e Moacir, não acho que devessem sair. Sem eles, não temos lateral-direito a não ser Jucilei (contundido) improvisado. Alessandro joga muito, mas temos que ver que o desgaste físico atrapalha o rendimento do jogador. Ele marca bem, apesar do posicionamento em campo não ter sido ponto positivo nos últimos jogos.
Fiel, esfriem a cabeça. Puxem o Corinthians do buraco e não o empurrem mais ainda. Vocês querem viajar pela América Latina ano que vem? Então cooperem!


PS: falei com a Siara Beatriz (@siarabeatriz_) pelo twitter e propus uma participação dela aqui no Sempre Corinthians. Ela aceitou. Então fiquem atentos que a qualquer momento aparece um post dela por aqui. Boleira de primeira!

Leia mais >>

Então é na fé, na dor...

A torcida perdeu a paciência. Estava tão irada que escreveu seus protesto sem ligar para os erros de português. Ninguém escapou das críticas, nem mesmo Ronaldo. A torcida cobrou sua volta aos gramados como num ato de desespero para não ver o Brasileiro ser conquistado por outro clube. É triste, mas é a realidade do clube. Não é a primeira vez que é comentada a crise do Timão por aqui.

Andrés também foi cobrado. Acusado de usar o dinheiro com mercenários e também foi lembrado pela torcida que o campeonato nacional é obrigação. Vamos esperar o pronunciamento do presidente que, ao meu ver, tem feito uma boa gestão no Corinthians. Não se pode acabar com um dirigente por conta de uma competição. Não quero puxar o saco de ninguém, mas no ano passado conseguimos dois títulos importantes. E apesar dos desmanches do time, Ronaldo e Roberto Carlos estão aí e quem entende um pouco mais de futebol sabe que o papel deles não é exclusivo dentro de campo; fora dele, eles também ajudam.
"Souza no Corinthians não joga mais". A torcida tem razão pra falar isso. Souza não joga mais como antigamente e aqueles gestos obscenos são compreensíveis pela pressão que o jogador sofre. Entretanto, ele, como profissional, deveria pôr a cabeça no lugar e pensar antes de agir. Seu dedo do meio pode ter custado seu emprego.
Jucilei é dúvida. Mais uma dor de cabeça para o Corinthians. Daqui a pouco, o departamento médico do alvinegro estará pior do que alguns hospitais públicos. Não estranharia se o Corinthians fizesse uma campanha para doação de leitos ao clube. Dá pra entender se o Jucilei estiver fora, ele já vinha sentindo as dores antes. Digo isso porque muitos falam que os jogadores estão fazendo corpo mole, fazendo cena; creio que não. Jogando intensamente durante o ano todo, era de se esperar que o grupo esteja tão desgastado fisicamente nessa reta final de campeonato.
Tite está vindo para comandar o time, mas se a equipe corinthiana - ainda dirigida pelo interino Fábio Carille - perder o jogo deste domingo contra o Guarani, o Corinthians pode sair do G-3 e talvez o Tite não possa fazer mais nada. Pois aí, só milagre dá o título ao Timão.
Vamos rezar, porque agora é na fé, na dor... Corinthiano sofre, ah!... como sofre!

Saudações à Nação mais bonita do mundo!

Leia mais >>

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

E agora, Corinthians? 3.0

Eu esperei três jogos... sim, TRÊS jogos. E durante esses dias todos fiquei analisando o que poderia estar dando errado no Corinthians e o porquê disso acontecer. O Corinthians está afundando por si só e um time de raça como este, não poderia deixar que algo assim acabasse com a campanha de campeão que o Corinthians estava fazendo até o jogo contra o Internacional. Parece que aquele gol nos últimos segundos de jogo tirou a taça da mão do Timão. Muito me entristece ver o Corinthians saindo da Libertadores do ano que vem, abrindo mão do título e deixando o Centenário cinza e não preto no branco.
Sem jogadores, sem técnico, sem força. É assim que o Corinthians está atualmente. Podem dizer o que for, mas esta é a realidade do alvinegro. Ainda dá pra ser campeão? Sim. Mas agora precisamos do tropeço dos outros e não podemos mais deixar de ganhar. Temos um confronto direto com o atual líder. Podemos - se ganharmos - diminuir a diferença para dois pontos. Mas com Danilo, Souza e Boquita em campo, fica bastante difícil.
Perdemos Bruno César, Jorge Henrique, Ronaldo, Ralf, Dentinho... o Corinthians precisa de velocidade, de um goleiro que saiba sair do gol, de uma zaga que marque o adversário, de um ataque decisivo e de um líder do lado de fora de campo. Mano Menezes, que falta você nos faz. Adílson Batista, por favor, vá e não volte mais. Comemorei a saída de Adílson e, ao mesmo tempo, lamentei. É mais um agravante para a crise que ronda o Parque São Jorge.
Roberto Carlos e Jucilei têm desgaste muscular. Tomara que não desfalquem a equipe nos próximos jogos. Tentar ganhar título com time titular é difícil, com misto é improvável, com reserva... é impossível. São 5 pontos longe do líder. É o 5º título em jogo. Precisamos de 5 jogadores de volta (os lesionados/fora de forma citados no terceiro parágrafo). Enfrentaremos o Guarani pela 30ª rodada do Brasileirão. Se perdemos esse jogo contra Bugre, já podemos nos despedir da conquista e tentar em 2011. Crise é triste...
E agora, Corinthians? E agora, Andrés? E agora, Gaviões? Será que o sonho está perdido? Ainda não. Agora é jogar e vencer; na raça.
Vaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai, vaaaaaaaaaaaaai, vaaaaaaaaaaaaaaaaai Corinthians!

Leia mais >>

sábado, 2 de outubro de 2010

Coletiva de imprensa com Defederico...

Leia mais >>

Coletiva de imprensa com Edu...

Leia mais >>

E agora, Corinthians? 2.0

Corinthians jogou em casa contra o desacreditado Ceará. Estava dominando a partida quando leva 1 gol. Na bobeada da defesa que deixou o atacante do clube nordestino ficar sozinho, o goleiro Júlio César fez o que não sabe fazer de melhor: saiu do gol. Ele é um ótimo goleiro, mas quando sai do gol é quase certeza de que o adversário será mais feliz na jogada.

Edu não jogou absolutamente nada. Lento, correu menos que o árbitro. Parecia que estava em campo apenas para assistir ao jogo. Seus erros de marcação deixaram o Corinthians em uma situação nada boa. Elias fez falta na armação das jogadas. Danilo se jogou dentro da área podendo tocar a bola de lado para que Jorge Henrique chutasse para o gol. Ao Danilo, deixo um recado: se você aprendeu lá no SPFC a se portar em campo como uma moça, esqueça. Aqui no Corinthians tem que jogar na raça.
Empatar a segunda em casa foi péssimo para o Timão, mas devo admitir que a situação poderia ter sido pior, como foi até o final do primeiro tempo. Fluminense estava ganhando do Prudente e indo a 54 pontos, enquanto o Corinthians, com 48 pontos, perdia em casa para o Ceará.
Ponto para Defederico. Salve a terra da prata, pelo menos uma vez! O argentino marcou o gol que nos livrou de ficar ainda mais atrás do líder. Entretanto, temos mais um problema agora: o Cruzeiro está cada vez mais perto e a mídia não está cobrando deles como cobra dos dois primeiros. De certa forma, os azuis têm uma vantagem... estão correndo por fora.
E agora, Corinthians? Como jogar fora de casa? Vai na raça! E traga os três pontos, porque não podemos mais bobear. Caso contrário, não seremos campeões e o penta ficará para outra ocasião. Isso não é nada do que almejamos.

Leia mais >>

Próxima Partida

O Corinthians enfrenta o Ceará no Pacaembú e precisa da vitória para não se distanciar muito do líder Fluminense que pega o desacreditado Grêmio Prudente, no Prudentão. Chicão e Dentinho treinaram com bola durante a semana e podem voltar ao time. O Corinthians tenta ratificar a boa fase jogando em casa com mais uma vitória.
O alvinegro paulista está em segundo lugar no Brasileirão com 48 pontos, 3 atrás do líder Fluminense. Entretanto, tem uma partida a menos que será jogada no dia 13 de outubro contra o Vasco.
02/10/2010 - 16h
Corinthians x Ceará
27ª rodada - Campeonato Brasileiro.

Leia mais >>

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Salvaram...

Leia mais >>

E agora, Corinthians?

Na noite de ontem, o Corinthians sofreu uma "derrota" em casa. O empate em 1x1 foi interpretado por muitos alvinegros paulistas desta forma. Agora, a vantagem de um jogo a menos já não interessa ao Timão, pois esta pode apenas empatar em pontos com o atual líder Fluminense e não mais ultrapassá-lo como seria caso o time paulista derrotasse o Botafogo em casa. E para ser sincero, devo dizer que oportunidades não faltaram.
Com Paulinho, Iarley, Bruno César e Thiago Heleno, o Corinthians conseguiu chegar na área do adversário, mas perdeu chances claras de gol. Outra vez, não conseguiu um resultado positivo por caprichos do futebol. Se estivesse jogando até agora - enquanto você lê este texto -, provavelmente não teria conseguido fazer outro gol.
Como o tricolor ganhou o jogo contra o Avaí nos dez minutos finais de jogo, a diferença de pontos entre o time paulista e o fluminense é de 3 pontos; diferença esta que na última rodada era de apenas 1 ponto. Agora o Corinthians é obrigado a vencer os dois próximos jogos: um em casa e outro fora. Caso contrário, a distância em relação ao Fluminense pode aumentar.
Com o melhor aproveitamento do campeonato jogando em casa, o alvinegro paulista tem a obrigação - se quiser brigar pelo título - de ganhar do visitante cearense no próximo jogo e tentar aumentar seu saldo de gols que podem ser decisivo no futuro. Agora com uma campanha ruim longe da torcida, o Timão deve driblar as estatísticas e provar que está vivo na briga ao título e vencer o Atlético Mineiro - que passa por uma fase ruim - em Minas.
A emoção faz parte da vida dos torcedores da Fiel e ganhar um Brasileiro sem essa emoção não teria o mesmo sabor, mas agora é correr atrás dos pontos perdidos e permanecer concentrado no objetivo que é o título no ano do Centenário.

Leia mais >>

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Vésperas...

Às vésperas de um jogo que promete ser uma apresentação tática firme por parte de ambas as equipes, Adílson faz mistério acerca do time que vai para campo como de costume. Entretanto, o que podemos perceber é que ele tem alguns problemas para escalar um time 100% para o jogo desta quarta-feira; Chicão, Ralf e Dentinho estavam há algum tempo fora do time por motivo de contusão. Estão sem ritmo de jogo.
Analisando cada setor do time do Corinthians, pude chegar a esta conclusão:

Goleiro:
Júlio César está a fazer um bom papel como defensor de baliza para o Corinthians. Às vezes, chega a fazer milagres, mas nem sempre tem seu nome destacado por conta da defesa que tem deixado passar jogadas adversárias por bobeira.

Zaga:
É fácil perceber que a dupla William-Paulo André é lenta e isso trouxe alguns prejuízos para o Corinthians: foram 5 gols em 2 partidas. Com a volta de Chicão, a zaga tende a continuar lenta, já que este vem de contusão e ainda está sem ritmo de jogo. Espera-se que não haja erros graves.

Laterais:
Roberto Carlos foi feito para a lateral-esquerda e a lateral-esquerda foi feita para o Roberto Carlos. Além disso, o camisa 6 passa confiança pro grupo. Só precisa acertar o pé numa cobrança de falta. Alessandro faz bem o papel de cobrir o lado direito do campo, jogando de lateral quando Roberto avança mais. Também leva a bola pra frente com eficiência; faz tabelas com quem chega de pivô e consegue chegar à linha de fundo facilmente. Bom jogador.

Meio-campo:
Sem comentários. O futebol arte do meio-campo do Corinthians fala por si só. Não é à toa que dois jogadores desta área já foram chamados para a Seleção de Mano.

Ataque:
Com a volta de Dentinho, o Corinthians deve ter mais velocidade e faltas perto da área. O moleque Dentinho puxa a bola pra frente e encara a marcação. Ponto pra ele. Jorge Henrique e/ou Iarley podem compor o ataque. Aliás, estes dois jogadores estão jogando um futebol bem redondo ultimamente.

O Corinthians tem um time bom no papel e em campo, mas pra ser campeão precisa ficar atento para alguns erros e corrigí-los.

Saudações!

Leia mais >>

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Pois é, Adílson...






Leia mais >>

Caro Adílson Batista...

Caro Adílson Batista,

Eu até entendo que o seu jeito de jogar seja um tanto diferente, que você gosta de apostar em algumas situações pra ver o que acontece, mas nem sempre isso é viável. Não quero questionar a sua forma de jogar, mas quero que lembre-se que o senhor está diante do clube que possui a maior torcida organizada do mundo e não mais em um cruzeiro por aí. É melhor ficar atento em relação a essas atitudes, porque esse bando de louco aí fora não estão querendo ver esse título brasileiro sair das mãos no ano do Centenário.
Não quero pressionar a sua pessoa, mas é bom prestar atenção no que o senhor está fazendo dentro de campo, jogando fora de casa contra um concorrente ao título e esperando que um volante jogue perfeitamente bem na lateral esquerda. Aliás, lateral esta que foi feita para um craque chamado Roberto Carlos... olhe que coincidência, ele consta no plantel do Corinthians; que tal deixá-lo lá até o final do jogo?
Não, não quero pressioná-lo. Acontece que antes de eu ter um blog, antes de eu ter cabelos, antes mesmo da minha primeira palavra, eu sou corintiano; mas um corintiano roxo, sabe doutor? Portanto, vá pra campo pra vencer e não ache que por conseguir um empate em 1x1 com o mandante lá pela metade do segundo tempo, o jogo vai acabar neste resultado.
Não sou nenhum gênio da bola. Oxalá eu tivesse a mesma visão que tantos boleiros têm. Só atento para a lógica, para o que chamamos de "feijão com arroz", o básico; porque o senhor, meu caro Adilson Batista, fugiu até disto neste jogo lá no sul. Não estou colocando em evidência a sua capacidade com técnico, mas sim as atitudes que o você tomou desde o momento em que escalou o time do jeito que foi escalado para o jogo deste domingo.

Att.,

Um louco do bando.

Leia mais >>

sábado, 31 de julho de 2010

Derby

O Corinthians tem pela frente um Palmeiras empolgado com a contratação de um "mago". Aliás, o clube verde precisava de alguém para fazer "mágicas" no time, já que o Palmeiras havia perdido seu homem de referência por caprichos.
Líder do campeonato, exportando o treinador para a seleção e com moral no país, o Corinthians precisa apenas mostrar que mudar de técnico foi algo que quase não interferiu no rendimento do time. Adilson disse que vai procurar manter o trabalho de Mano, mas isso não quer dizer que ele faça algumas mudanças táticas, afinal, pra ser técnico do clube paulista, tem que ter personalidade e atitude.
Acredito que o jogo será tranquilo. Os dois times parecem - eu disse parecem - estar bem um com o outro. Entretanto, tudo pode mudar no jogo deste domingo; em derby como esse sempre aparecem surpresas e espero que estas sejam pretas e brancas.
Saudações Alvinegras.

Leia mais >>

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Retorno

Mais uma vez tive de interromper as postagens sequenciais. Falta-me tempo. Enfim, estou voltando outra vez à ativa. Postarei sobre o clássico ainda. Acredito que vou conseguir administrar os três blogs que tenho, então peço desculpas aos meus leitores e aviso-lhes que tentarei, sinceramente, manter a regularidade dos posts.
Saudações Corinthianas.

Leia mais >>

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Preparativos da Segunda Batalha

Tendo como prioridade o Brasileirão, o Corinthians vai encarar cada um dos 38 jogos da temporada como se fossem finais de Libertadores. A próxima batalha será no Olímpico, contra o Grêmio. O tricolor gaúcho calou a boca do litoral paulista ao marcar 4 gols no segundo tempo numa virada histórica pra cima da sensação santista.
A guerra é totalmente tática. Os dois times têm elencos de qualidade. O Corinthians aposta na tática da experiência. Já o Grêmio aposta na tática das escolas da categoria de base. Hoje, o tricolor tem em seu time a sombra que o Corinthians quer esquecer: Douglas. Desde que o meia saiu do clube paulista, os alvi-negros sentem a sua falta armando as jogadas com eficiência e inteligência. Até hoje, o Corinthians procura meias que se encaixem no time como o atual camisa 10 gremista havia conseguido exercer um excelente futebol no meio-campo do Timão.
Bruno César, nova aposta corintiana para a composição das jogadas, deve estrear neste domingo em solo gaúcho. O jogador está relacionado no BID e espera-se dele um bom jogo de estreia, pois o Corinthians está enxugando certos gastos e ter uma decepção com uma contratação tão recente seria algo muito indesejado no Parque São Jorge.
Falando em meio-campo, Diego Souza disse que não descarta jogar no time corintiano, mas a Traffic continua com a voz firme dizendo que não negociará o jogador com nenhum time da capital paulista, embora a pressão da imprensa e dos cartolas seja algo forte. Desconfio que o Palmeiras está meio receoso sobre o afastamento do jogador, talvez os verdes perceberam a besteira que acabaram fazendo. Perder um jogador por causa da torcida já virou rotina no Palmeiras, mas o pior é que, depois que o atleta sai do clube, joga bem em outro. Foi o caso do Vágner Love que hoje defende um desses clubes de regatas.
Enfim, voltando ao Grêmio x Corinthians, o jogo promete ser uma verdadeira guerra tática dividida em duas batalhas de 45 minutos. Não importa quão frio esteja na capital do Rio Grande do Sul, domingo, o Olímpico vai ferver. Espero que o Todo-Poderoso Timão volte pra casa com mais 3 pontos na bagagem.

Leia mais >>